Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Obediência’ Category

Créditos do site LDS.org.

Créditos do site LDS.org.

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias lançará “Meu Plano” (nome em português a ser confirmado), um recurso para missionários retornados, em agosto de 2015, num esforço para ajudar os missionários com a transição na volta para casa.

O programa online é projetado para missionários utilizarem antes, durante e depois de suas missões. O objetivo do curso foi delineado em LDS.org, em que os missionários poderão definir e atingir metas. Os missionários obterão acesso a esse recurso desde o recebimento de seu chamado. Enquanto os missionários finalizam seu serviço, eles poderão criar um plano pós missão que poderá ser compartilhado com os pais e líderes.

“Meu Plano”, contará com oito experiências de aprendizagem que serão realizadas em momentos específicos ao longo da missão e após voltarem para casa.

Mais informações no site em português ainda estão por vir. Para mais informações, visite o site LDS.org.

Anúncios

Read Full Post »

Elder Oaks Missionários1

Élder Dallin H. Oaks, do Quórum dos Doze Apóstolos, mostrou ao mundo como acontece a designação de local dos chamados para os missionários de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Através de um post no Facebook, Élder Oaks explicou a seus seguidores que quando lhe é dada a responsabilidade sagrada para designar missionários em suas futuras missões ele sempre vai para a reunião de jejum. Durante a reunião, assistida por um membro do Departamento Missionário, ele usa computadores para gerenciar todas as informações necessárias para alocar os chamados. Elder Oaks expressa gratidão aos santos dos últimos dias missionários, dizendo:

Para aqueles de vocês que têm servido ou irá servir missões, agradeço o seu desejo de servir. Nós oramos para que o Senhor vos abençoe e seu trabalho missionário.

Na ocasião, Elder Oaks fez 240 designações de missões de 1047 que estavam prontos para designação.

Fonte: osmormons.com

Read Full Post »

THOMAS E. ROBINSON III

Uma pequena inspiração pode mudar a vida das pessoas para melhor.

Ilustrações: David Malan

Como novo missionário no Japão, eu tinha muita dificuldade para entender as pessoas, que dirá para conhecê-las. Foi difícil aprender a amar pessoas que eu nem sequer conhecia, principalmente quando eu não compreendia o que diziam. Mas me esforcei muito para mostrar meu amor por elas e fiquei grato pelo empenho delas de vir até mim.

Todas as semanas, meu companheiro e eu ganhávamos um pão caseiro de uma senhora da ala chamada irmã Senba. Ela demonstrava seu amor pelos missionários fazendo pão caseiro e escrevendo bilhetinhos carinhosos.

Fiquei tocado por alguém se importar comigo. Senti-me inspirado a mostrar minha gratidão a ela de alguma maneira, por mais singela que fosse. Escrevi-lhe um bilhete expressando como era grato por ela e pelos sacrifícios que ela e sua família faziam para ajudar os missionários. Ficamos amigos, e passei a considerá-la uma segunda mãe. (mais…)

Read Full Post »

O grande objetivo da experiência de um missionário é definido pelo seu propósito: convidar as pessoas a virem a Cristo.

A campainha constante, rítmica do despertador corta o apartamento tranquilo. 6:30 outra vez — o início de mais um dia. Outro dia de estudo, oração, planejamento, trabalho, ensino, ajuda e serviço. Mais um dia para acalentar. Outro dia como missionário.

Quando cada um dos mais de 75.000 missionários de tempo integral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias se levanta a cada dia, muitas atividades e experiências diferentes podem esperar dele ou dela — aulas, visitas e reuniões; planos que fluem com tranquilidade e planos que passam sem se realizar; aceitação e rejeição; e muito trabalho árduo e oração.

Ao longo de tudo isso, a linha comum da vida na missão é o propósito do missionário: “Convidar as pessoas a se achegarem a Cristo, ajudando-as a receber o evangelho restaurado por meio da fé em Jesus Cristo e em Sua Expiação, do arrependimento, do batismo, de se receber o dom do Espírito Santo e de perseverar até o fim” (Pregar Meu Evangelho, 2004, p. 1). (mais…)

Read Full Post »

“Agora é o momento de membros e missionários se unirem e trabalharem juntos” (Pres. Thomas S. Monson)

Presidente Kennedy Fonseca Canuto
Missão Brasil Piracicaba

Pres. Kennedy Fonseca Canuto e sua Esposa

Queridos irmãos, recentemente ouvimos o nosso amado Profeta Presidente Thomas S. Monson declarar no Treinamento Mundial de Liderança, de 23 de junho de 2013, o seguinte:

“Agora é o momento de membros e missionários se unirem e trabalharem juntos. Trabalhem na vinha do Senhor para trazer almas a Ele. Ele preparou os meios para nós compartilharmos o evangelho de diversas maneiras, e Ele vai nos ajudar em nossos labores se agirmos com fé para realizar Sua obra”.

Agora é o momento, amados irmãos, temos que atentar e atender com muita diligência ao pedido de nosso amado Profeta.

Podemos ampliar a força missionária de nossas alas se cada um de nós se dispuser a servir como instrumento nas mãos de Deus; é preciso participar e não só orar para que os missionários encontrem pessoas para ensinar. Como disse o Presidente Gordon B.Hinckley: “Será um dia grandioso quando nosso povo não apenas orar pelos missionários de todo o mundo, mas, também pedir ao Senhor para ajudá-los a auxiliar os missionários que estão trabalhando em sua própria ala” (“Trabalho Missionário”, Primeira Reunião Mundial de Treinamento de Liderança, 11 de janeiro de 2003, p. 19).

Existem muitas coisas simples que podemos fazer tais como: Distribuir Cartões da Amizade, convidar amigos, parentes e vizinhos para Reuniões Familiares com propósitos missionários, convidar para as atividades na Igreja, convidar para uma conferência de Estaca ou de Ala e convidar para conhecer a capela.

Lembro-me de uma situação que aconteceu comigo quando trabalhava em uma empresa. Ao conversar com alguns amigos do trabalho sobre a Igreja um dos amigos fez uma pergunta e um comentário que me chamaram bastante atenção.

Ele disse “Vejo que vocês têm belos prédios e sempre que passo em frente eu fico admirando a bela estrutura que vocês possuem, porém, uma pergunta sempre me vem à mente, pois quando vejo esse prédio, percebo que a Igreja de vocês não tem porta, como a gente faz para entrar nela? O comentário se referia a uma das capelas que tínhamos na estaca em que a entrada não ficava na frente e, sim, nas laterais. Pensei sobre o comentário do meu amigo e em minha mente veio o claro pensamento de que: NÓS SOMOS A CHAVE DESSA PORTA DE ENTRADA. Expliquei isso ao meu amigo e aproveitei para convidá-lo a conhecer a Igreja, ele foi, depois ele aceitou ouvir os missionários e hoje ele é membro da Igreja.

No Manual Pregar Meu Evangelho, logo nós entendemos que nosso propósito é “convidar as pessoas a achegarem-se a Cristo”, e CONVIDAR é nosso maior dever.

Imagino que existam muitas pessoas procurando a verdade, algumas delas estão orando para que isso aconteça em sua vida e o Senhor com certeza, amados irmãos, não lhes deixará sem uma resposta. Lembre-se de que nós somos a chave; a chave que pode abençoar gerações por toda a eternidade, que grande tarefa nos confiou o Senhor, a de participar da salvação das almas dos Seus amados filhos.

Nas escrituras, em Atos 10, lemos a história de certo centurião chamado Cornélio, um homem justo que orava a Deus e que era temente a Ele, que recebeu de Deus uma revelação através de uma visão de que ele seria visitado por um servo do Senhor que lhe levaria uma mensagem muito importante. Esse servo era Simão Pedro que foi orientado, também através de uma visão, a levar a mensagem de salvação ao centurião Cornélio e a sua família.

O apóstolo Pedro leva o evangelho a Cornélio e seus familiares

Ao aguardar ansioso por esse mensageiro e pela mensagem Cornélio fez algo que nos serve de exemplo ao lembrar que essa é a mensagem mais importante que podemos oferecer a humanidade, a mensagem de salvação. No versículo 24 diz: “E no dia imediato chegaram a Cesareia. E Cornélio os estava esperando, tendo já convidado os seus parentes e amigos mais íntimos”, que não eram poucos, como podemos ler também no versículo 27. Vamos abrir a boca e convidar todos. Lembrem-se de que “Cada Membro é um Missionário”.

Amados irmãos, o Senhor precisa de cada um de nós nessa obra, que possamos ser a chave que irá abrir as portas para todos aqueles que necessitam das bênçãos do evangelho em sua vida. Podemos fazer mais e o Senhor sabe disso, às vezes temos receios de como faremos, mas lembrem-se de que essa não é a nossa obra, mas sim a obra de Deus e Ele está ao nosso lado e irá testificar por meio de Seu Santo Espírito que podemos sim participar de forma mais ativa na obra missionária.

Que o Senhor nos abençoe nessa tão sagrada designação, de convidar todos a achegarem-se a Cristo. Será um maravilhoso dia quando cada um de nós tiver uma plaqueta em nosso coração; e que possamos participar dessa obra e viver belas experiências missionárias que irão mudar a vida de muitos.

Fonte: http://lds.org.br/os-membros-sao-a-chave 

(mais…)

Read Full Post »

Older Posts »